Pular para o conteúdo principal

Museu João Fona participa da 15ª semana de museus


O centro cultural João Fona está participando da 15ª semana de museus realizada pelo ministério da cultura e esse ano com o tema " Museus e histórias controvérsias dizer o indizível em museu"
A programação será do dia 15 a 20 de maio e terá apresentações culturais, exposição de mesa redonda, oficinas e visitas guiadas.
Confira a programação completa!

Programação


15/5 (SEGUNDA-FEIRA)
8h – Abertura Oficial
9h – Execução Hinos (Camerata Wilson Fonseca)
9h30 - Café da Manhã
10h às 12h - Oficina de Higienização de livros (Arquivista Sérgio Fredrich/Ufopa)
11h às 12h - Apresentação Cultural (Carimbatuque & Bailado de Carimbó)
14h às 18h
  • Visita guiada
  • Exposição I Mostra de Pintura João Fona (exposição coletiva)
  • Exposição Fotográfica retratando o cenário Municipal Ontem e Hoje (exposição coletiva)
16/5 (TERÇA-FEIRA)
8h às 12h – Oficina de Higienização de Livros (Arquivista Sérgio Fredrich/Ufopa)
9h – Teatro de Fantoches (Integrantes do Curso de Pedagogia/Iespes)
14h às 18h:
  • Visita guiada
  • Exposição I Mostra de Pintura João Fona (exposição coletiva)
  • Exposição Fotográfica retratando o cenário Municipal Ontem e Hoje (exposição coletiva)
17/5 (QUARTA-FEIRA)
8h às 12h – Oficina de Higienização de Livros (Arquivista Sérgio Fredrich/UFOPA)
9h – Oficina de confecção de bonecas temáticas (Lena Sousa/Cras/PMS)
14h às 18h:
  • Visita guiada
  • Exposição I Mostra de Pintura João Fona (exposição coletiva)
  • Exposição Fotográfica retratando o cenário Municipal Ontem e Hoje (exposição coletiva)
15h às 17h - Teatro de Fantoches (Integrantes do Curso de Pedagogia/Iespes)
18/5 (QUINTA-FEIRA)
8h às 12h – Oficina de Higienização de Livros (Arquivista Sérgio Fredrich/Ufopa)
9h – Oficina de confecção de bonecas temáticas (Lena Sousa/Cras/PMS)
14h às 18h:
  • Visita guiada
  • Exposição I Mostra de Pintura João Fona (exposição coletiva)
  • Exposição Fotográfica retratando o cenário Municipal, Ontem e Hoje (exposição coletiva)
19/5 (SEXTA-FEIRA)
8h às 12h – Oficina de Higienização de Livros (Arquivista Sérgio Fredrich/Ufopa)
9h –Mesa Redonda: Tema da 15ª Semana de Museus (mediador, Newton Magno/Centro Cultural João Fona-CCJF)
14h às 18h:
  • Visita guiada
  • Exposição I Mostra de Pintura João Fona (exposição coletiva)
  • Exposição Fotográfica retratando o cenário Municipal, Ontem e Hoje (exposição coletiva)
20/5 (SÁBADO)
18h - Entrega de Certificados
18h30 - Coquetel de Encerramento
20h - Apresentação Cultural (Banda do 8º Bec)
  • Exposição Fotográfica retratando o cenário Municipal, Ontem e Hoje (exposição coletiva)
  • Oficina de Higienização de livros (Arquivista Sérgio Fredrich/Ufopa).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Urina humana é usada para confeccionar cuias.

Já falamos sobre o tacacá mais uma coisa que não se pode esquecer é  da cuia sem ela o tacacá não é o mesmo mas a pergunta é você como ela é feita? Seu processo é meio estranho leva ate urina humana para entender melhor vamos ver como ela é feita.


A cuia vem da cuieira ela é mais encontrada na Amazônia as cuias são confeccionadas mais pelas mulheres os homens apenas pegam o fruto  e um outro material conhecido como cumati esse cumati é a casca de uma árvore ela serve para tingir as cuia e assim deixa-la na cor preta. vamos ver agora as etapas dessa confecção.




1ª etapa  Após a retirada do fruto as  mulheres retiram uma massa de dentro dela algumas pessoas dizem que essa massa é boa para bronquite e asma.
2ª Agora vem o processo de lixamento e você  não imagina o que elas as mulheres usam uma lata de sardinha.
3ª É nessa terceira etapa que as cuias ganham a tintura preta. Para a casca soltar a tinta eles utilizam água e ficam pressionando até sair o líquido escuro.
4ª Depois de  todo esse proc…

O que é Tarubá?

Cidade de Oriximiná

Hoje se começa uma nova fase o blog começou a sair de Santarém para fazer você conhecer outras cidades e pontos turísticos, hoje vamos falar sobre a cidade de Oriximiná o desbravamento, em 1877, foi feito pelo padre José Nicolino de Sousa o nome Oriximiná é de origem indígena, de procedência tupi, que significa “o macho da abelha”, o zangão. A cidade tem uma área de 107 602,992 km² com uma população de 66 821 hab segundo o IBGE de 2013.





















Com ensino de qualidade para a população uma cidade bem desenvolvida para os moradores.



















Um dos cartões postais  da cidade é a praça do Santo Antônio que fica bem no centro, um local conservado e  muito aconchegante para turistas e moradores um lugar de lazer e diversão.




















No dia que estávamos fazendo a reportagem sobre a cidade cantores se preparavam para a última noite do festival de música popular FEMPO da edição 19ª um evento bem cultural da cidade.



















Outro ponto turístico bem visitado é a praça do centenário lindo pela sua simplicidade e um jeito bem tran…