UM CURSO QUE VAI AJUDAR MUITAS FAMILIAS


Descendentes de quilombos, da Comunidade Patauá do Umirizal, em Óbidos, , vão participar de um curso sobre derivados do açaí, promovido pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) nos dias 15 e 16 de setembro.O curso vai oferecer mecanismos voltados à geração de renda para 40 famílias da comunidade.
 
O açaí é um fruto abundante na área da comunidade quilombola Patauá do Umirizal. O objetivo do curso é agregar valor ao açaí nativo extraído na região, além de formar mão de obra especializada para a participação no Festival do Açaí, que acontece na localidade nos dias 26, 27 e 28 de setembro, no barracão comunitário, atraindo mais de 200 pessoas.
 
Segundo a chefe do escritório local da Emater, a assistente social Clélia Guerreiro, que ministrará o treinamento, os participantes aprenderão a fabricar doces, sobremesas, sorvetes e outros derivados do açaí.
A Emater, em Óbidos, realizou um levantamento técnico para potencializar a atividade agrícola das famílias remanescentes de quilombos. Assim, segundo o técnico em Agropecuária da Emater, Ederlan Correa, que realiza o atendimento, um cronograma de atividades já foi iniciado na comunidade Patauá.
Correa ainda informou que a fase de levantamento de potencialidades ainda não está concluída, mas que o beneficiamento do açaí e o melhoramento da produção de farinha de mandioca já estão determinados para as famílias quilombolas.

0 comentários:

Postar um comentário