O mestre Isoca





















Wilson Dias Fonseca Nascido em 17 de novembro de 1914 marido de Rosilda Malheiros da Fonseca com quem teve seis filhos Jóse Wilson, Vicente José, Maria Da Conceiçaõ, José Agostinho e Maria De Jesus. 

Wilson Fonseca ou (Mastro Isoca) como era conhecido dono de um dom mais que lindo o Dom da música onde se destacava mais ele era Maestro, Compositor,escritor e pesquisador. Um homem cheio de dons para muitas coisas.
 




 Ele que era filho de Anna Dias Da Fonseca e José Agostinho Da Fonseca O dom que veio desdo pai, em 1920 o Mastro Isoca começou aprender música com seu pai que faleceu em 1945. A primeira composição dele foi a valsa para piano Beatrice que foi dedicada a uma sobrinha. parti dair ele começou a seguir sua carreira.

Mãe de Wilson (Anna Dias Fonseca)
Pai de Wilson(José agostinho)



  

















As principais obras de Wilson Fonseca
  • Hino de santarém "Canção de Minha Saudade" 
  • Um poema de amor
  • Terra querida
  • Lenda do boto
  • Abertura sinfônica centenária de Santarém (1948)
  • América 500 anos "poema sinfônico 1992"
  • Nazarena cantata( decreto 1993 esta obra tem texto de José Wilson)
  • Amazônia suite em 3 movimentos para jazz band 1996. 

Esses e muitos outros sucesso fizeram parte da história e da carreira do maestro. Ao longo de sua vida ele tocou mais de oito instrumento ele aprendeu clarinete, saxôfoni-alto, triângulo,violino, contrabaixo, bateria, banjortinor, órgão e piano. A sua maior inspiração era a sua esposa.






















Mais infelizmente ele faleceu em 24 de março de 2002  em Bélem com 89 anos o mestre deixou seus apaixonados por música e muito mais. Ele foi recebido por um público que ele atraiu com o seu caráter sua simplicidade e principal com seu talento. Em homenagem ao metre isoca o seu nome se tornou o nome do Aeroporto de Santarém.




    






Um homem que será lembrado por muitos anos tantas histórias e muitas obras MESTRE ISOCA hoje fica em nossa lembrança.






0 comentários:

Postar um comentário